T O P
  • By -

TommyTheGeek

Detesto o PCO, mas não posso dizer que eu discordo. O seu José, 49 anos, mestre de obras, ensino fundamenta incompleto, não está nem um pouco preocupado em quem usa todes ao invés de todos. E isso vai para a esquerda e para a direita.


hersheys40

Então a crítica não deveria ser ao foco excessivo nas ideias identitárias ao invés das ideias em si?


felipebarroz

A crítica é: FODASE tudo isso, ninguém dá a mínima pra esses assuntos fora da universidade pública. A gente não vive na Europa aonde tudo funciona, para de importar essas pautas europeias. Meu aluguel corrigiu em 20%, caguei pra isso td pq N tenho como pagar minha casa e acho q vou ser despejado


quobesq

Isso são pautas estadunidenses, não? Europeu tem essa frescura também?


baristiago

Vou falar do Reino Unido que é onde eu moro. Nunca vi identidade de gênero e esses rolê sendo pauta política, pelo menos não o suficiente pra virar notícia. As pautas da esquerda são focadas em todo mundo receber uma quantidade justa de dinheiro e ter acesso a serviços de qualidade. Essa questão de pronomes é muito pouco falada.


Hyapp

No Reino Unido as pessoas não falam **elA**. As pessoas falam **shE **


baristiago

É tudo pronome neutro? Sempre foi. 🌍🔫


fabiohgs

Muita coisa dos EUA invade a Europa, ano passado tinha protesto em Londres gritando "hands up, don't shoot" para a polícia local, que é uma guarda desarmada. Só copiaram o grito dos protestos nos EUA.


Motolancia

Pois é. Tem muita gente que é "woke" copiando as bobagens que vem dos EUA


baristiago

Acho que o protesto não era contra a polícia de Londres, apesar da polícia armada aqui ser muito mais agressiva do que a não-armada. Acho que foi mais uma intenção de apoiar os protestos nos EUA mesmo.


rocampana

Na Suécia criaram o pronome hen (neutro). Ninguem usa


Kelend99

Tua resposta é um reflexo direto no que o cara disse, geral ignora o fato dele ser possivelmente despejado e vamos debater sobre a origem da pauta, já que é "mais importante".


quobesq

Você quer que eu faça o que, pague o aluguel dele? Eu não tenho o que falar sobre o aluguel ué.


Kelend99

O que o cara diz é como esse tipo de assunto não importa, e, como comparação, usa o exemplo do aluguel. As respostas são justamente o que ele criticou, só dar bola pra besteira.


vvvvfl

Basil Mata mais pessoas trans no mundo. "Frescura".


quobesq

Poxa vida cara, como não pensei nisso, se eu soubesse que ~~palhaçadas~~ salvações da humanidade como "todes" e "todxs" fosse acabar com os assassinatos de pessoas trans eu teria começado a usar isso antes.


vvvvfl

MALUCO, tu aprendeu a ler ? Vou colocar em caps lock: BRASIl ASSASSINA MAIS PESSOAS TRANS NO MUNDO Larga de ser babaca e tenta entender. A luta não tem porra nenhuma a ver pronome meu irmão. A luta é pra parar de matar gente. Pra ter direitos civis que nem todo mundo. Pronome é uma conversa que acontece em círculos onde da pra acontecer. Vcs passam tempo demais na internet e acham que gente louca no twitter é "a esquerda". .


judasthetoxic

Claro pô, todo viado é rico e nenhum paga aluguel. Vocês nem fingem que tentam entender o problema...


wowbaggerBR

te garanto que entre o despejo e usar o todes, o teu "viado", pra usar a tua expressão, vai se preocupar 500% mais com o despejo.


vvvvfl

Vcs fazem esforço pra serem burros .


wowbaggerBR

Lendo seu comentário eu só posso dizer que é uma tremenda pena que burrice não dói.


vvvvfl

lacrou


judasthetoxic

Em nenhum momento eu neguei isso


dc-x

Então estou confuso com seu post porque o ponto do /u/felipebarroz é justamente quanto ao grau de urgência (e a consequente preocupação que isso traz para cada um) de cada problema, e o /u/wowbaggerBR botou isso em palavras diferentes fazendo uso do seu exemplo. Você que distorceu completamente o que de fato foi dito enquanto reclamava dele não tentar entender o problema.


bread-dreams

é foda. "não" sei porque mas esse sub adora homofobia se passando de pauta esquerdista


Charlotte_______

Certo, mas você realmente acha que é de boa-fé considerar o uso do pronome neutro como uma das pautas mais importantes nesse rol? Eu acho que é de bem má-fé, porque tem muitas outras pautas que são mais importantes e que têm mais peso na vida das pessoas desses grupos. Por exemplo, acho que muitos LGBs estão mais preocupados em terem liberdade de serem quem são, terem proteção à discriminação, entre outras coisas. A população trans também tem suas prioridades, estas que afetam muito a população mais pobre, tal como acesso à tratamentos médicos, retificação de documentos, proteção de discriminação, especialmente em relação ao trabalho. Não irei falar tanto por outras coisas (tal como o racismo), pois não iria falar tão bem quanto isso, mas elas não são exclusivas ao debate de universidades ou militâncias no Twitter. Você tá se esquecendo do gay da comunidade que sofre com a homofobia? Ou da mulher trans que tem que ser prostituta e vive na rua? Pessoas desse grupo sofrem, e sofrem muito mais do que o cidadão LGBT de classe média e acima, que ainda pode sofrer pra caramba do mesmo jeito devido à esses problemas. Acho uma atitude idiota tratar desses assuntos como papo de burguês. Você pode tecer críticas sim (ex: terminologia complicada e que muda muito rápido, temas às vezes muito abstratos, militância muito intensa), mas a existência dessas pautas não é uma delas.


golimarmarmarmar

o trabalho médio que trabalha o dia inteiro ate voltar suado em um ônibus cheio também não liga para isso. ele se preocupa com a solução de outros problemas imediatos nessa ordem abaixo: 1. comida barata; 2. bens de consumo baratos; 3. segurança na sociedade; 4. bons empregos; 5. boa economia; 6. educação de qualidade; 7. o resto que você falou. a "maioria" quer isso, e como a esquerda atual esta focada apenas nas necessidades das minorias, não foi difícil convencê-las a seguir a direita para conseguir isso via liberalismo, afinal elas são as opressoras históricas, por escutariam pessoas que as culpam por tudo mesmo que tenham muitas boas razões para fazer isso. por tanto o PCO, esta criticando justamente isso, o povão quer ver os seus problemas resolvidos para correr atrás desses outros, assim como seu José que também poderia se mobilizar pela causa trans, mas como ele acorda as 6 da manhã para pegar um ônibus cheio, trabalha o dia inteiro e faz 2 horas extra por que o trabalho não rende, chega em casa cansado e descobre que não vai conseguir pagar as contas por que a fechadura do portão quebrou e isso vai sair de alguma conta, ele não esta preocupado com isso por que já tem problemas demais para pegar outros, e como só ver militante filho e neto de burguês com um IPhone RX11 na mão reclamando de coisas que não vive mas também o oprime por tabela e ele que vive isso na pele é o errado na historia, acaba sendo contra só por raiva. é basicamente sobre isso a postagem, mas muita gente prefere cria teorias sobre os fatos para não velos como são de fato.


vvvvfl

Mas o bagulho é que o PCO tá batendo em um fantasma. Pra ser bem prático: tenho quase certeza que pessoas trans tão muito mais preocupadas em não serem assassinadas do que no seu Zé do mercado acertar o pronome da pessoa. Na real toda a base do movimento LGBT é por respeito e pelo direito de existir sem ser assaltado e assassinado. Tem dois diálogos completamente diferentes fruto dos dois países completamente diferentes que existem dentro do Brasil. A "ciranda" é toda baseada em gente que tem todos os problemas que vc falou supridos. Mas essa conversa cirandeira é relevante dentro do círculo dessas pessoas. O PCO pode falar merda o quanto quiser. Foda-se. É papo de reacionário. O PCO é reacionário. Todo mundo sabe. É uma loucura pintar um quadro de que a grand preocupação dos partidos de esquerda é aplacar a ciranda. Esse discurso é vil e falso. Eles falam de ciranda, quando na real o que ganhamos é lei Maria da Penha. Reclamam que partidos de esquerda não atendem ao proletariado mas o que ganhamos é tipificação de homofobia como crime. É ruim por acaso que essas coisas existam? Isso que vc falou, que o maluco quer uma vida decente e foda-se pautas identitárias é óbvio todo mundo sabe. Só que não é pq o Marcos é torneiro mecânico filiado ao sindicato que ele pode bater no filho gay, e não pode fazer programa com travesti e espancar a moça. O proletariado comete violência de gênero e violência homofóbica, e não pode. Abafar esse problema com "não importa pro proletariado" é fazer o gay pobre negro da periferia ficar MAIS AINDA no fim da fila. Não morrer importa bastante. Vai passar mão na cabeça do proletário abusador pq coitado, 2 horas no ônibus ? Não né. Então pra terminar é o seguinte:PCO tem mais é que se fuder. Se quisesse mesmo o bem do proletário, ajudaria a ensinar que é todo mundo fudido junto e a luta da mulher travesti do bairro dele é a luta dele também. Que ninguém vai ser livre enquanto não formos todos livres. Ao invés disso querem fingir que o problema não existe e minimizar um problema e que a afeta um mundo de gente proletária. Ou gay não trabalha ? Não sua ? Não toma esporro do chefe babaca ? PCO, vai se fuder.


NoFucksGiver

exatamente. esse povo precisa estudar a hierarquia de necessidades de Maslow. não adianta tentar passar pauta sociais de igualdade se a maioria do pessoal que ta ralando e sofrendo pra caralho mal consegue botar comida no prato e um teto sobre a cabeça, não conseguindo suprir portanto nem mesmo a base da pirâmide


Misanthropic905

Vim falar exatamente isso, a galera bota na cabeça umas prioridades muito doida e esquece que a galera rala pra SOBREVIVER.


rofpo

Brother, o Brasil é o país que mais mata LGBT no mundo. Pra esse grupo, discutir pauta social também é ***literalmente*** questão de sobrevivência. A discussão de como melhor conectar os partidos de esquerda com o trabalhador é extremamente importante pra não cairmos em outro 2018, mas insinuar que pautas identitárias não são emergenciais é um luxo de quem não vive esse medo diariamente.


[deleted]

O Brasil é o país que mais mata no mundo. Consequentemente, mata mais LGBt e mulheres. Resolver a segurança pública vai salvar a vida de milhares de pessoas, independente da classe social ou orientação sexual.


Misanthropic905

Cirúrgico, galera vive numa bolha.


Master3returneds

Eu ia escrever, mas você falou tudo.


carneirosanto90

Cirúrgico pae ...


Old_EdOss

Obrigado por escrever meu texto. Toma aqui meu cimavoto!


Concurseirodesfocado

Concordo com tudo isso. Só vale lembrar que impor essa luta ao extremo, colocando a parcela conservadora/reacionária (que é a maior parte de qualquer população, o próprio Marx sabe que o pobre tende a ser conservador/reacionário) contra a esquerda, leva os Bolsonaros da vida a presidência. Aí, todas as décadas de luta desses setores oprimidos ficam em sério risco de ir por água abaixo. Simplesmente porque quiseram avançar mais do que a população estava disposta a aceitar no momento.


beatstorelax

se nem tatuagem piercing e cabelo colorido "tá de boa" 100% ainda... imagina coisas "mais complexas"


Academic_Paramedic72

Pior que eu também concordo com esse tópico, as pautas de identitarismo na internet estão muito restritas à realidade do jovem de classe média alta pra cima, mas a imagem com pessoas ostentando armas de fogo não é muito animadora


obentyga

Pq gente trans n trabalha Pq favelado n pode ser NB Rapaz eu sou mais comunista que o pco (mt mais), mas esse discursinho de que falar de racismo, patriarcado, lgbtfobia n dialoga com a classe trabalhadora é típico de quem não dialoga com a classe trabalhadora. Quem faz trabalho de base vê que o Seu José pode até não entender se é ele, ela ou elu, mas ele entende o que é o preço do gás de cozinha e vai ouvir uma denuncia e se revoltar independente de quem esteja falando.


judasthetoxic

Na verdade esse cidadão que você citou é evangélico e passa boa parte do tempo livre compartilhando merda sobre linguagem neutra no ZAP e no FB.


NegativeKarmaVegan

Seu José também acha que lugar de mulher é na cozinha, que preto é raça ruim, que a polícia tem mais é que matar mesmo e que esse negócio de coronavírus é mentira.


modern_mom

Deixa eu ver se eu entendi, você atribui ignorância a pobreza ? A classe trabalhadora é racista ? Deleta que dá tempo.


hersheys40

A maior prova de que ignorância não está necessariamente relacionada à pobreza é esse sub.


golimarmarmarmar

o termo "liberal de uno" surgiu aqui, estou surpreso não tenha pegado no povo igual pegou o termo comunista de Iphone se popularizou. tem que começar a usar gente.


hellditer

OBRIGADO


NegativeKarmaVegan

Alguém falou em pobreza em algum momento? E eu fiz alguma afirmação absoluta sobre a classe trabalhadora? Falei especificamente sobre o exemplo do seu José. Meu argumento é que ignorância, racismo, preconceitos e ideias reacionárias também são comuns entre a classe trabalhadora. Qualquer pessoa com o mínimo de conhecimento do Brasil sabe que a maioria da população se identifica mais com ideias conservadoras. Se a gente for pautar o debate político apenas nas convicções ideológicas da maioria da população, que são basicamente alimentadas pela mídia burguesa e pela tradição cristã, aí que a esquerda tá fodida mesmo.


modern_mom

Você respondeu que José (ensino fundamental incompleto e mestre de obras) é racista, machista e negacionista. Sugestivo, não ?


NegativeKarmaVegan

Não poderia ser? E quando a gente olha para a classe trabalhadora como um todo, não é conservadora? Então vamos defender ideais conservadores, para estarmos alinhados ideologicamente com os trabalhadores brasileiros? A classe trabalhadora em geral também vai relativizar direitos humanos e se interessar pouco pela laicidade do estado. Vamos abrir mão desses valores também para estarmos alinhados ideologicamente com a classe trabalhadora? Vamos defender o evangelistão, se a classe trabalhadora for a favor? A premissa de que certas pautas são menos importantes porque não são vistas como prioridade pela maioria da população é BURRA e ignora totalmente a sobreposição de diversas pautas em uma estrutura maior de justiça social e emancipação.


[deleted]

[удалено]


NegativeKarmaVegan

Se acha que minha fala foi infeliz, bote as cartas na mesa e diga onde é que eu estou errado. Ficar com comentariozinho indireto e depois sair dizendo que "não falou absolutamente nada" é moleza. Vou resumir: não dá pra pautar e moldar debate político para agradar as convicções de pessoas despolitizadas.


Concurseirodesfocado

E adivinha, a esquerda continua precisando do voto dele. Senão Seu José, que é tudo isso e o chefe da família ainda, coloca ele e a família dele pra votar no Bolsonaro, que vai destruir toda a luta identitária de vez.


ProfessionalDuty9215

49 anos. Você deve achar isso muito velho, né?


jaclkie

Concordo que quem precisa sobreviver dia a dia não está centralmente preocupado com causas identitárias ou morais. Mas tem os evangélicos...


Bolchenaro

O ponto é que trabalhador só se preocupa com essas pautas se for conservador, o que representa metade dos fudidos deste país. O resto caga e anda pra isso.


drope-sl

Exato.


Pedinhuh

Pode pôr os católicos não praticantes no meio também, já que eles ainda são maioria


LuxCoelho

PCO tem o começo de um fio de ideia certo, mas a mensagem que mandam ao público é completamente sem noção e presunçosa que está acima da "esquerda real"... são iludidos com alta teoria, porém suas práticas são sem lógica


croninhos2

Meu amigo, o PCO tava sendo duramente criticado não tem nem 6 meses, quando comemorou a tomada do Afeganistão pelo Taliban. Será que eles se veem como um dos que são sem visão também? Ou o PCO acha que "a classe trabalhadora" tá tão pouco se fudendo pra pautas identitárias que apoiaria algo nível Taliban por aqui? Nos poupem porra Eles não tão nem ai pro que falam, objetivo é só a repercussão que vem dessas polêmicas bostas que eles inventam. Não é a primeira vez nos últimos anos e muito provavelmente não será a última.


hellditer

Talibã? Acho que seria um evangelistão por aqui


oliveiramg

Opinião impopular: O PCO está errado, estando certo. A classe trabalhadora não quer saber de política identitária, ela está mais preocupada com comida. Em outras palavras, as condições materiais precárias do proletariado brasileiro mantém ele extremamente reacionário. O PCO está correto nessa observação. Dito isso, o PCO demonstra em suas publicações que é um partido reacionário, que compartilha de opiniões objetivamente erradas com a classe trabalhadora brasileira. Por exemplo, se opondo as ideias de linguagem neutra , veganismo e politicamente correto, como se estas ideias fossem o verdadeiro reacionarismo. Um partido que atua além da banca de jornal educa o povo, em vez de se juntar no mimimi reaça. A moral de estudar ciências políticas é ver além da ideologia hegemônica. O PCO cai como patinho nela.


Concurseirodesfocado

Concordo plenamente. A pauta identitária não deve ser prioridade, porque senão Bolsonaro ganha de novo. Mas falar mal dela todo dia, efetivamente fazendo oposição às pautas identitárias, é ser justamente igual ao reacionário canalha, ainda com o agravante de que você recebeu a educação devida pra saber que isso tudo é errado.


tia_rebenta

> Opinião impopular: O PCO está errado, estando certo. > > O PCO colocou uma foto de uma galera com armas pra representar a "classe trabalhadora", a partir disso nem dá pra considerar nada do que eles falam como certo (mesmo tendo algumas verdades jogadas no meio).


Bond-Marin-Bond

Oc caras apóiam o talibã


mahouseinen

cês acham que gay é tudo rico?


110-110-110

Moro em uma comunidade no Rio de Janeiro e é bem isso. O pessoal aqui está tentando sobreviver, não querem saber dessas pautas que nada ajuda o pobre. Ideologia de gênero? Veganismo? Politicamente correto? "Não quero saber disso, eu preciso comer, preciso sobreviver". Essas são as pautas.


[deleted]

[удалено]


evilbr

Exato. Os partidos de esquerda e centro-esquerda como o PT e PSOL nos últimos tempos tem focado muito nas ideias que importaram da "New Left" dos EUA e Europa, mas se esqueceram que não estamos nos EUA e Europa. Obviamente são pautas válidas, mas todas essas discussões de gênero e ética estão no fim da lista de prioridades dos brasileiros da classe C pra baixo. É por essas e outras que a esquerda perdeu espaço e foi massacrada nas últimas eleições: o bolsonaro e os seus tinham um discurso focado em segurança, melhoria da economia e uma resposta conservadora à uma versão fabulesca das pautas da New Left, que o brasileiro médio rejeitou. Ninguém quer saber o seu pronome quando tá preocupado com o que vai ter no próximo prato de comida.


00lucas

A new left que eu vejo falar no Reddit, do Bernie Sanders e da AOC, ainda que falam mais sobre melhores condições de vida e de trabalho, sem deixar de lado pautas identitárias. Tem até algumas empresas com semana de trabalho de quatro dias.


PralineOwn9126

>Hoje é um bairro cheio de maloqueiros, carros com funk alto, pancadões por perto, drogados, assaltos e não tem mais criança brincando na rua. E se você disser que isso é culpa das drogas, leva um chute na boca aqui no sub.


dzizou

Malditas drogas, sempre causando desemprego, fome, instabilidade politica, social, fechando fábricas, dando crédito à latifundiários, perseguindo sindicatos e movimentos sociais


PralineOwn9126

Tá vendo, não dá pra apontar o óbvio sobre as drogas sem ser atacado aqui. Assaltos, bandidagem nas ruas, cultura do tráfico (funk ostentação), e pessoas drogadas nas ruas são causa do tráfico de droga, que distribui droga. Não me entenda mal, eu não tenho nada contra as drogas, mas o que deixa uma pessoa descontrolada no meio da rua são as drogas. O que você descreveu foi falta de políticas públicas de bem estar social.


dzizou

Que levam ao uso de drogas


neweggBR

E se falar, que foi a promessa do Bolsonaro "de acabar com tudo isso ae, taokey?" Garantiu a vitória dele e vai garantir novamente, é impalado em praça pública.


[deleted]

"O culpado por esses drogados na rua são as drogas" -PralineOwn9126 Realmente um comentário avançado.


NegativeKarmaVegan

Por que todo mundo sabe que não existe drogas nos países desenvolvidos. O clima frio da Dinamarca faz a maconha morrer e a cocaína desintegrar.


trooperinstilettos

minha opinião: tudo uma questão de leftist infighting. o cara cis hétero branco de classe trabalhadora que só pensa no dele vs a pessoa que cai em algum desses campos marginalizados mas não é classe trabalhadora ou não tem consciência de classe e também só pensa no dela. tudo tem intersecção. por que tem uma quantidade tão grande de travestis que são pobres? por que essas travestis sofrem discriminação tanto por serem pobres quanto por serem travestis? identidades e classe social tão intrinsicamente ligados de uma maneira que a esquerda brasileira infelizmente ainda não conseguiu assimilar. entendo focar na questão trabalhadora por elegibilidade (infelizmente o brasil ainda é muito "careta"), mas nos bastidores são pautas que deviam andar juntas.


redfoggg

Eu entendo o que você quer passar, mas você entende que estamos falando essencialmente de discutir o uso de "todxs" e passar fome?? Sinceramente, sem foco nada nesse planeta se resolve, as duas pautas devem existir e andar juntas, mas a cada 20 passos que se dá para resolver a fome, 1 deveria ser dado para a causa identaria. Enquanto a esquerda continuar achando q esses dois tem o msm peso para o pobre a direita vai continuar fisgando votos prometendo emprego enquanto a esquerda promete pronome neutro. É sobre isso que a galera aqui tá falando, não sobre uma pauta ser irrelevante, é só que existem diversas outras muito mais urgentes, e para a galera que tá falando "Ah MaS NaO eXIsTe GaY pObRE eNtÃO?", existe sim, e essas pessoas também estão pensando mais em sua sobrevivência, em oportunidade de emprego, em segurança e acesso a informação, bem como transporte público de qualidade e moradia, e por último se vão ser chamadas pelo pronome correto, algumas até são conservadoras e acham isso tudo "coisa de viado rico".


trooperinstilettos

obg pela compreensão. tbm entendo o que você quer dizer e concordo no sentido de eligibilidade, como eu falei, mas eu não acho que devia ser 20 passos pra 1 porque essas coisas estão interligadas. quando se coloca dessa forma, cobrar pronome neutro realmente parece ridículo, até você olhar [as estatísticas de suicídio de pessoas trans.](https://antrabrasil.org/2018/06/29/precisamos-falar-sobre-o-suicidio-das-pessoas-trans/) ou considerar a desumanização como fator motivador da pobreza. será que uma mulher trans passando fome não teria comida na mesa se o RH que rejeitou ela considerasse ela palatável pro ambiente de trabalho, ao invés de rejeitar com base na foto? eu entendo teu comentário dentro de uma possibilidade: campanha eleitoral. aí sim, faz bastante propaganda de geração de emprego e empoderamento do trabalhador como classe homogênea porque pauta identitária não atrai simpatia de maiorias no brasil como você mesmo pontuou. depois de eleito PRECISA se fazer alguma coisa até pra coibir a própria pobreza também. não tenho intenção de atacar espantalhos, mas ao que me parece a galera tá tratando isso com subimportância indiferente, sendo que ninguém aqui tá na posição de marqueteiro de campanha.


redfoggg

O grande e cruel problema da sociedade brasileira atual é que a morte de pessoas LGBTQI+ ainda é uma pauta irrelevante comparado ao grande esquema das coisas. Sim eu sei, não parece, É EXTREMAMENTE cruel, mas é nossa realidade, afinal estamos no país que a Vale dizimou uma cidade, e pagou sua "dívida" se é que tinha como pagar, com uma infima quantia de dinheiro. Estamos no país que sei, as vezes a gente esquece, mas o Brasil teve por diversas vezes não só aqui no nordeste mas no sudeste tbm, pessoas literalmente morrendo de SEDE, desidratadas, e fome pela perda de todo gado e alimentos durante grandes secas, num país onde isso afeta uma grande parcela da população é simplesmente chocante e difícil demais sequer considerar como "próximo ao principal" políticas de gênero, que de novo, as julgo importantes inclusive pelo que vc trouxe da relação trabalhista q é uma dura realidade. LGBTQI+, e ainda mais Trans, representam uma quantia muito pequena da população, tão pequena q se torna "desprezível" quando temos uma massa gigante de problemas para atacar que afetam +170 milhões de pessoas.(pensando por baixo este número). É bem complexo na real, não existe solução simples para esse problema, mas uma coisa é certa, se não alcançar o povo, se não alcançar votos nenhum dos dois projetos andam, seja o identario, seja o do estado de miséria que vive a maioria dos brasileiros.


trooperinstilettos

entendo, entendo perfeitamente. acho que esse seu último parágrafo matou a questão. no final das contas quando fôr pra falar direto com o povão generalizado é mais eficiente focar nesses problemas mais gerais que são também gravíssimos. o que eu tô falando é mais direcionado a essa galera de reddit, twitter, etc, porque só por a gente saber ler e ter conexão de internet pra tar aqui já estamos em um tipo de "elite", entende? (e no fim das contas o tweet do PCO foi isso, um tweet, pra quem tem twitter ler.) quando a conversa é só entre pessoas desse tipo como tá sendo aqui, é nesse caso que eu acho insensível a galera tratar como se fosse "desprezível" só por questão numérica. a gente aqui falando no r/brasil não é comparável a, sei lá, o lula fazendo comício no interior de pernambuco e tendo que decidir se vai falar da seca ou do todes, por exemplo.


vvvvfl

Maluco, esse discurso só existe na internet Como dizem na gringa " go touch grass". Vai lá fora, pisar numa grama. Essa porra dessa cruzada é um moinho de vento inventada por gente reacionária. Vcs tão falando que o pobre fudido só quer ter emprego e estabilidade. Todo mundo sabe, todo mundo concorda. O LGBT brasileiro só quer não morrer na rua. Só poder sair de casa sendo ele mesmo ? É pedir demais ? É PAUTA demais ? Não morrer é urgente pra caralho. Pelo amor....


redfoggg

Eu adoraria que morrer tornasse algo urgente aqui.


simulakrum

Falam eles como se não tivesse grupo identitário entre a classe trabalhadora. Ou como se a internet fosse esse recurso escasso de espaço onde não se pode ter mais de um discussão por vez.


neweggBR

O ponto, defendido com razão pelo PCO, é que o discurso da esquerda burguesa não garante voto para ganhar eleição. A esquerda precisa parar de olhar apenas para o próprio umbigo gordo problematizador e ver o mundo fora da bolha.


simulakrum

Lembrando aqui da última campanha de alguém da tal "esquerda burguesa": Boulos martelou sem parar aqui em São Paulo a questão de moradia. Explicou todo o problema com os imóveis abandonados, recebeu pecha de "radical" pelo oponente de direita. Tá a frente do MTST, que só é um dos movimentos sociais mais ativos atualmente. Agora, não tem nem um mês que galera do PCO veio dizer que ele é "financiado pela CIA", acusação no maior estilo bolsonarista, com direito à menção de George Soros. É mole?


DragonFalkor

Mais vale um prato de comida na mão, do que se preocupar se te chamam de trabalhader.


simulakrum

\- ninguém defendeu a tese contrária; \- redução da pauta identitária à discussão da vogal tá no mesmo nível míope das bostas que os bolsonaristas falam. A discussão toca em assuntos como violência, abandono e preconceito, no mínimo; \- a crítica vem de um pessoal que também passou seu tempo defendendo gente e pauta que nada tem haver com o trabalhador, eles tem pouca moral pra criticar;


golimarmarmarmar

o PCO é a esquerda raiz troskista que apenas enxergar o trabalhador como a única classe de pessoas contra a burguesia e mais nada, sem minorias, sem interacionalíssimo, sem pataquada, só burguesia e proletariado como era em 1910. muita gente aqui de cabelo rosa e azul se voltasse no tempo e tirasse uma tarde para conversar com Marx, Engues, Trotsky, Lenin entre outros ficaria bem decepcionado com a conversa que teria, e talvez ate em duvida se de fato são mesmo os pais dos movimentos que os precedem. comunismo no passado, principalmente esse com teor revolucionário não tem nada a ver com a militância da linguagem neutra que existe hoje, inclusive muito gostaria de ver a cara deles quando soubessem o que o movimento virou no futuro. hahahaha


TheCaraqmoranextdoor

O que muita gente tem que compreender é a quebra da pauta econômica da esquerda pós fim da União Soviética. O ideário comunista, que já vinha cambaleante, foi sepultado com a dissolução soviética. O que restou? Pós-modernismo e pós-estruturalismo que focam mais no indivíduo que qualquer outra corrente. Com os ideários econômicos de esquerda mortos restou muito pouco pra esquerda se manter relevante a nível mundial. Até as sociais-democracias, que já possuíam um padrão de vida elevado, levaram o discurso mais pro lado do indivíduo, influenciando o resto das esquerdas. Quase nada sobrou da esquerda revolucionária ou comunista, mas a esquerda não morreu. A vitória latente do capitalismo forçou o shift da nova esquerda pós 1980 e 90. As pautas identitárias estão sempre tão em voga nas universidades porque a luta contra o patrão morreu. A heterodoxia de governos de esquerda tem sido catastróficas. Os liberais ditam a pauta na economia faz décadas e, com seu pos-modernismo, influenciam moldam o social. O PCO tenta reviver as pautas trotskistas, marxistas e leninistas, da época que ainda havia luta no campo ideológico de assuntos de relevância instantânea pra sociedade. É engraçado porque anarquistas e nos primeiros momentos da revolução russa o que temos hoje por progressismo era regra, isso eles ignoram. Dito tudo isso eles estão certos pelos meios errados. É hora de abraçar as pautas de inclusão, mas o foco principal é a luta do povo contra o sistema pelo seu bem-estar. Esse é, e deve ser, sempre o foco das esquerdas. tl;dr: fim da URSS estraçalhou as esquerdas que se refugiaram em grande parte nas pautas identitárias. PCO é burro (novidade?!) e não sabe abordar o tema e se vira contra temas sociais relevantes, em vez de abraçar e por debaixo das suas asas.


Pedinhuh

Based, mas pq diabos essa postagem tá com a foto de uma facção criminosa?


Lost-Asparagus-8539

Pq esse é "o morro que vai descer" quando a coisa ficar feia. Náo o elenco da favela da Globo.


Pedinhuh

Tá...Mas qual a ligacao com o PCO?


Lost-Asparagus-8539

Se o PCO postar uma foto de um banco para ilustrar uma matéria quer dizer que ele tem ligação com o banco?


AcropolisRunner

Sendo bem sincero, cada dia que passa eu acredito que o PCO é o Anarcocaptalismo depois do Doutor Estranho. Ou em outras palavras, um Anarcocaptalismo da Deep Web.


Storrrmpeace

Como se não existisse travesti pobre, gay pobre... Na periferia só tem o seu João de 50 anos que trabalha como mestre de obras e a dona Aparecida dona de mercearia.


mindillusion

Blz, mas tem que tirar o veganismo desse balaio. As mudanças climáticas tão vindo aí e estamos todos nesse barco que vai afundar. A insustentabilidade do consumo de carne pro meio ambiente e as consequências disso não se compara com o uso do pronome neutro no grande esquema das coisas.


andrevictorgomes

Não só isso, mas os animais não-humanos devem ser tratados com respeito também. São, de longe, a classe mais explorada da história, considerados como sub-seres. No período que vivemos de abundância, tanto a fome quanto a existência da pecuária são inconcebíveis.


mindillusion

Ah sim. Com certeza! É que eu tendo a achar que as pessoas ficam mais impactadas quando sabem das consequências ambientais catastróficas do consumo de carne, por isso falo disso primeiro. Pq querer contar com a empatia pelos animais... Aí esquece, quase impossível, infelizmente :/


andrevictorgomes

Boa!


pedreirolingerie

PCO é bem estratégico. Ninguém pode me chamar de extrema esquerda enquanto o PCO existir hehe


polar_boi28362727

O que me incomoda de verdade na postagem não é nem o texto, mas sim a imagem. Os cara estão usando gente armada pra representar o trabalhador? Q porra de foto pra usar nesse contexto ein


Pedroandr77

Errado não tá


Munster-Katz

PCO tem uma visão ultrapassada do que é trabalhador. Pessoas transexuais também são trabalhadoras (e a maioria está bem longe da classe média e burguesia, justamente pela dificuldade em encontrar emprego por conta do preconceito). Pessoas veganas são trabalhadoras e tenho muitos amigos que ganham um salário minimo e são veganos (até porque, com o preço da carne, nem se quisessem comer conseguiriam né). Pessoas não binárias são trabalhadoras e passam pelo mesmo perrengue que pessoas trans em relação ao mercado de trabalho. Então pautas identitárias são importantes para trabalhadores, o PCO só não se importa com esses trabalhadores em específico... ficaria mais bonito se eles só admitissem isso.


Storrrmpeace

Concordo totalmente


golimarmarmarmar

o PCO esta preso em 1910 com Trotsky nas fabricas da segunda revolução industrial, para eles a sociedade é composta por dois grupos, burgueses e proletariado, o resto é classificação de RAL de cores dentro desses grupos.


kakatua_pona

Ao meu entender, o ponto parece ser criticar que se põe uma lupa gigante em questões de menor relevância para desviar o foco das questões mais relevantes, inclusive para o benefício das minorias como um todo, quem se beneficia do dividir para conquistar é a burguesia.


Munster-Katz

Na moral, acho que puxar esse papo de relevância é nivelar o debate político por baixo. Uma coisa pode não ser relevante para você, mas é muito relevante para um grupo de pessoas. Quem cria uma divisão é quem se recusa a abraçar na luta anticapitalista as diferentes experiências de trabalhadores. Há uma diferença entre o trabalhador branco periférico e o trabalhador negro periférico. Ignorar isso não vai mudar o fato de que já há uma divisão aí. É igual eu dizer que a gente não deve falar sobre experiências diferentes entre o trabalhador periférico e o trabalhador de classe média alta porque isso é ajudar a burguesia. São duas vivências absolutamente diferentes que vão gerar formas diferentes de encarar o trabalho no capitalismo e de lutar contra esse sistema que esmaga de formas diferentes as pessoas. Se a gente realmente quer resolver essa situação, é só abrir espaço e parar de preciosismo que tudo funciona.


kakatua_pona

Então, não vejo problema em discutir diferentes vivências, acredito que embora certas coisas sejam mais relevantes para uns grupos do que outros há uma tendência em convergir em torno de questões relevantes comuns, não tem como atribuir peso igual para tudo que qualquer grupo de malucos julga relevante.


RGirl297

Verdade PCO, ninguém tá nem aí pra pauta identitária! Tudo coisa de burguês safado e universitário que está alheio a realidade brasileira. Aqui não sofremos com racismo, LGBTfobia, machismo nem nada assim. Todo mundo sabe que aqui a polícia trata negros igual aos brancos, e os negros também tem o mesmo acesso as universidades e aos outros espaços. Todo mundos sabe também que a população trans aqui não se encontra em situação de precariedade maior do que a população no geral, e violência LGBTfóbica não é nenhum problema também. Afinal de contas, somos uma sociedade tolerante e aberta! Machismo então nem se fala! Aqui as mulheres não tem medo de estupro nem violência doméstica e tem a mesma oportunidade que os homens! Tivemos até uma mulher como presidente! O problema mesmo é só a questão de classe, a fome e a pobreza isso sim que é relevante, e é claro que isso não tem naaaaaaaaada a ver com questões relacionadas ao racismo, patriarcado, cis-heteronormatividade né? ​ AHHHHHHHHHHHHHH VSFD PCO. Como sempre análise míope, irrelevante e ultrapassada do caralho.


Charlotte_______

Boa, ótimo comentário. Falou bem mais assertivamente e de maneira bem mais geral do que consegui. Fico meio decepcionada com essa visão, como você disse, míope dessas pautas. Uma coisa é tecer críticas à como se lida com as pautas identitárias e à sua militância, outra é tratar elas como delírio de Twitteiros classe média cronicamente online, ou como papo de universitário desconexo com a realidade. Os comentários aludindo à financiamento da CIA são mais decepcionantes ainda, me lembra muito dos discursos de financiamento do George Soros que vejo vindo dos reaças de direita.


golimarmarmarmar

como eu disse lá em cima, a menos que consiga fazer o trabalhador médio que vive em função de trabalhar e existe nos intervalos do final de semana a se junta essas causas mostrando como isso vai solucionar seus problemas pessoais por tabela, apenas vai se manter em um cabo de guerra que sai do nada para lugar algum. o problema atual da esquerda é se esquecer que o homem branco cis hetero pobre é um fudido que sub-existe em função do trabalho e pagar dividas, mas como só podemos ajudar um grupo por vez, ajudaremos os que sofrem mas que os outros. depois se perguntam pro que a direita pesca tantos tão facilmente sem faze esforço algum.


joaofelipenp

> depois se perguntam pro que a direita pesca tantos tão facilmente sem faze esforço algum. Sem esforço? A direita está presente em boa parte da vida das pessoas: no trabalho, no noticiário, na igreja, no zap etc. E em todo o momento reforçando seus ideais. O que a esquerda precisa fazer não é abandonar pautas para conseguir votos (exceto um momentos imediatistas de eleição talvez). O que a esquerda precisa fazer é atrair pessoas para o seu convívio e tirá-las das bolhas hegenômicas da direita. Isso até envolve em parte deixar de afastar pessoas com xingamentos de racista, homofóbico, etc (ou mesmo excluindo de grupos pessoais). Mas envolve muito mais criar movimentos sociais e espaços em que as pessoas possam se inserir e perceber que esquerda não é a "comedora da criancinha" que pintam por aí. E isso vale para ambiente virtual também: mais vale um ancap participando do r/brasil sendo exposto a pensamentos diferentes do que esse mesmo ancap isolado na bolha ""livre"" tendo acesso apenas aos espantalhos que fazem da esquerda por lá.


vintagedan

Inventaram agora a igualdade trickle-down.


EcceCadavera

Ahahhahahaha, agora o homem branco cis hetero pobre sofre mais que negros, que lésbicas. Tá serto.


golimarmarmarmar

concordo, por isso que eles deveriam parar e fingir que tem problemas para focar nos mas oprimidos, esses privilegiados levam uma vida perfeita. um dia quando se desconstruírem perceberam que o melhor é priorizar nas necessidades dos outros e colocar as suas em segundo plano. muitos problemas seriam resolvidos com essa simples atitude, quando finalmente se descontruírem e ficarem vazios de valores e personalidade, poderem ser preenchidos com uma consciência de classe correta, e se tornaram cidadão valorosos aos objetivos de esquerda, satisfeitos com resultados, pensado por uma mente coletiva.


Fizz_Mortune

Estão certos, pautas identitárias devem ser focadas somente após a solução de pautas essenciais, como fome, saúde, segurança, emprego. Infelizmente a hivemind do reddit não aceita isso, inclusive chama de homofobia/racismo. Isso explica pq a esquerda não elege nem síndico. Se Lula for eleito em 2022, não vai ser por competência da esquerda, mas sim por incompetência de Bonoro. Podem downvotar, abraço


ProfessionalDuty9215

Cuba fez isso. Tratava gay como criminoso. Conquistou muita coisa. Mas não sei, é perigoso desmerecer as conquistas das minorias, pois elas merecem proteção. Acho que da pra fazer muita coisa e ainda proteger quem precisa de proteção. O problema é que esses esquerdistas aí acham que já fizeram o suficiente postando um fora Bozo no facebook. Daí vão falar mal de todo mundo que não é ilustrado… enquanto compartilham vinhos caros nos Jardins e tiram sarro do nome do filho da empregada.


ProfessionalDuty9215

Hahahaha


Background-Skill-316

É engraçado ver q quando qualquer partido de esquerda sai do discurso cirandeiro, ele automaticamente deixa de ser de esquerda e passa a ser "doidos" ou extrema direita... Nunca tem uma auto critica, sequer um mea culpa... Ta igualzinho os velhos bostonaristas chamando tudo de comunismo.


MerqatorMusic

A classe trabalhadora não está interessada nessas coisas, e também não tá nem aí pros militontos do PCO.


AnnihilationOrchid

PCO realmente é uma incógnita, e parece que esquece que eles mesmos não são parte da classe que eles mesmos estão tentando atacar. Fazem falsa dicotomía entre pautas que são essencialmente de movimentos de esquerda pós marxistas e colocam uma foto de traficante pra falar de trabalhador? O PCO sinceramente acha que criando falsa dicotomía entre pautas de esquerda vai resolver algo? Boa sorte. É claro que há linhas que não devem ser cruzadas e há prioridades, mas ficar nessa ladainha puritana é o que gera "pobre de direita". Ao invés de tá promovendo ou educação freiriana e restituição sindicalista no Brasil os caras tão fazendo tweet que justamente é de mentalidade mencheviques boomer tentando desqualificar.


ackwight

Tem vários erros nisso aí e eu fico me perguntando que classe trabalhadora eles estão defendendo. Defender um mundo melhor para todos (e todes!) inclui minorias e os LBTQIA+ estão inclusos nisso. Sim, comida na mesa é importante. Emprego é importante. Mas você não luta aos pedaços, você luta pelo mundo que quer viver. Não existe lutar contra o racismo que atinge a população negra e ignorar a causa indígena. Não existe lutar contra o machismo e ignorar a homofobia. Ou você luta contra todas as formas de opressão ou você está do lado opressor. Sim, tem muita coisa errada no mundo e as demandas são muito grandes, mas é uma falácia ficar nessa de "vamos focar nisso, depois a gente vê isso". As pessoas são múltiplas. O mesmo trabalhador que fica 2, 3 horas no ônibus pra chegar no trampo tem um colega ou um conhecido homossexual na comunidade. Ele também vai à igreja. Ele também gosta de ver o futebol no fim de semana e tomar uma cerveja com os amigos. Ele também pensa sobre política. Ele também tem opinião sobre as coisas que acontecem no mundo. O que diferencia como a classe trabalhadora lida com essas pautas é chamado de "nível de consciência". E esse nível de consciência só se eleva com trabalho de base, não sendo reacionário. Edit: Ainda esqueci de citar sobre o veganismo. Isso tá na mesma linha que o Doria que queria distribuir ração para os pobres. Só porque é pobre tem que comer qualquer coisa, é? Só chegar em qualquer supermercado e as pessoas estão procurando alimento de qualidade, não essas porcarias ultraprocessadas aí. Não é só matar a fome, é comer bem, comer saudável, ter soberania alimentar.


andrevictorgomes

Sobre veganismo: gostaria só de dizer que veganismo não é dieta, é um movimento político. Está ligado sim à soberania alimentar, mas o foco é o combate ao especismo e à exploração animal.


ProfessionalDuty9215

“Ou você luta contra todas as formas de opressão ou você está do lado do opressor”. Bonito, mas completamente ilógico. Como que você passa leis baseadas no mundo que quer viver, globalmente? Isso parece conto de fada. As mudanças sempre vem em pedaços, pequenas conquistas, é super difícil mudar o status quo. Fácil fazer discursos utópicos na internet.


podente

E ta errado porra? Voce acha mesmo que o pobre coitado que aguenta injuria todo dia, trabalhando 12 horas por dia pra ganhar merreca vai se importar se você prefere ser chamado de "elu/,elus"? Pela mor de Deus né caralho


ClockPitiful2280

Nesse caso eles estão certos. A maior parte da pauta da esquerda hegemônica hoje está completamente deslocada da realidade do trabalhador e isso acaba afastando parte desse grupo das ideias do espectro progressista no Brasil.


carneirosanto90

Pronome neutro é minha role....o arroz aqui no bairro tá 20 conto


p1nkdragon

Finalmente concordamos com o PCO, cambada de playboy da nova esquerda, que ficam bravos com "noivinha do Aristides", porém estão cagando para trabalhador passando fome, criança tomando bala perdida, pobre sendo massacrado pela polícia; parece que essas coisas são apenas detalhes a serem ignorados na cabeça deles. A verdade é, IDENTITÁRIOS são iguais aos EVANGÉLICOS RADICAIS, só muda o ponto de vista.


s__jude

eu acho que eu ainda preciso viver +30 anos pra ler um tuite nesse linguajar e entender oq significa


MaskedPapillon

Eu entendo esse ponto, mas abandonar a comunidade LGBTQ+ ou falar que é por causa dela que a esquerda não tá presente na periferia é foda.


ProfessionalDuty9215

A comunidade LGBTQ+ não pode ser abandonada e não tem nada a ver com a direita estar no poder. Mas que a maioria dos esquerdistas ( que nem sequer são LGBTQ+) decidiram fazer da comunidade o foco das pautas não me assusta. Nem perguntaram pra gente o que queríamos. Smoke and mirrors, my dear.


[deleted]

Não é atoa que o identitarismo recebe financiamento da CIA. O PCO está corretíssimo. Identitários não fazem ideia de como é a realidades dos trabalhadores.


raskholnikov

Pior que eu concordo. Odeio o pco mas também odeio o quanto tempo a esquerda gasta em pauta identitária ao invés dos problemas das classes trabalhadoras.


npossoesquecer

O PCO é uma merda, mas eu concordo


SgtPina21

Nunca pensei que concordaria com o PCO um dia


Commercial-Silver

Estava tudo certo, mas essa foto cagou o post


ZeChicoBR

Não devia nem ter verba partidária. O que eles fazem com esta verba? Compram tinta para sair pichando tudo? Só vi o PCO em passeata com vandalismo. Não tem uma pauta coerente com a tal CAUSA OPERARIA.


mcias

Se voltasse alguns anos, é capaz de encontrar o mesmo discursinho só que voltado para o racismo ao invés de pautas identitárias. "O operário não está preocupado em ser chamado de macaco, ele quer ter um emprego para sustentar a família." Hoje em dia se um jogador de futebol europeu chama o seu adversário brasileiro de macaco, todo mundo se revolta. "O povo passando fome é mais importante do que x" vale para qualquer coisa. Assim fica fácil desmerecer seja lá o que você está tentando argumentar contra. Porque, saca só, o povo vai continuar passando fome. Enfim, na minha opinião o PCO devia acabar, porque o povo passando fome é mais importante do que ir pra manifestação política só pra arrumar briga e fazer comentário reacionário na internet.


ProfessionalDuty9215

Esse comentário me deu fé na humanidade. Completamente relevante. Foi exatamente o que aconteceu nos EUA também com o Trump. A esquerda está completamente desconectada das necessidades da classe trabalhadora. Por isso aqui temos um movimento chamado #walkaway. Eu estou cansada dos meus colegas reclamarem de tudo possível que os direitistas aprontam e se sentirem parte da solução porque não comem carne ou não compram no Wal Mart, mas se recusarem a colocar filho em escola pública ou em certos lugares, porque não pode misturar no sistema de casta. Perdão, classes.


Fllopsy

Aí eu te pergunto: E TA ERRADO?


praphaell

E tá errado? O pobre quer ter atendida suas necessidades básicas. Agora como chegar numa mãe solteira da favela que não tem banheiro em casa e dizer que é errado comer frango com os filhos dela morrendo de fome?


TropicalPunk6

"Ain, mas tem gay pobre, travesti querendo o direito de usar o pronome certo que não é elite."/"O PCO está preso no século passado com uma divisão trotskista de classe". A real é que nossa população ainda é muito pobre e tem uma divisão grande entre ricos e pobres. E os pobres, a classe trabalhadora está de fato preocupado em primeiramente minimizar essas diferenças. Eu acho, só acho que uma travesti pobre vai querer ter acesso a trabalho primeiro do que condicionar o Zezinho da esquina a usar o pronome certo. E só acho também que o pobre da comunidade vai querer carne barata pro churrasco do que saber o porquê veganismo é "certo". A esquerda ciranda, que sim é burguesinha, não tá nem ligada.


miraidensetsu

Ok, eles estão certos nisso.


wowbaggerBR

O PCO é uma palhaçada só, mas concordo 100% com o que eles dizem ali.


mahouseinen

[https://www.youtube.com/watch?v=tTqYPuZnwbs](https://www.youtube.com/watch?v=tTqYPuZnwbs)


Confortavel

Esse partido pertence apenas a uma família. A Pimenta


hellditer

Concordo, apesar de ser a favor dessas pautas. Problema é que debate público é sequestrado pra essas pautas que causam pânico moral no evangelistão que virou o Brasil. Isso justamente porque a direita só quer falar sobre isso, porque sabe que é uma forma fácil de ganhar votos.


tibirica

A discussão é válida, mas o PCO tem a rasura de um pires. As pautas identitárias são extremamente relevantes, mas deve haver um motivo muito bom pra fundação Ford, que foi asset da CIA no Brasil na década de 1960, e a Heritage Foundation, asset da CIA nas revoluções coloridas, jorrarem rios de dinheiro nas ONGs identitárias. Magnanimidade, me parece que não é.